Fuja da mordida do Leão em 2016. Ainda dá tempo…

Este post é uma colaboração do Consultor Financeiro Hudson Santos que compartilha conosco informação bastante útil: a utilização dos benefícios  tributários do PGBL para quem declara Imposto de Renda no formato completo.

Com a aproximação do fim de ano, um tema tão falado quanto o peru de natal, são as aplicações em Planos de Previdência nos modelos PGBL, que permitem abatimento fiscal de Imposto de Renda.

Os finais de ano geralmente possuem alguns temas em comum. União em família, ceias fartas (em alguns anos nem tão fartas assim) e pelo seu gerente de banco, aplicações em PGBL para abater Imposto de Renda até o dia 31/12 para fazer valer o benefício fiscal para o ano calendário.

IRPF2011

Realizar esse tipo de aconselhamento faz parte da nossa razão e, para tal, ampliamos nossos estudos a respeito do tema para demonstrar a real eficiência das aplicações como meio de reduzir impostos.

Simulando uma pessoa com uma renda Mensal de R$10.000,00 (desconsideramos dependentes e outras despesas passíveis de dedução conforme RFB).

Print PGBLChegamos a um ponto em que uma aplicação de R$1.200,00 (12% do ganho tributável mensal) seria igual a uma aplicação de R$870,00 em outra modalidade de investimento. (Note que o Salário líquido nas duas hipóteses são os mesmos)

Utilizamos também a tabela de imposto de Renda Regressivo e consideramos os resultados dos investimentos já isentos de IR. O resultado foi surpreendente a favor das aplicações em PGBL com a finalidade de abatimento fiscal até o limite de 12% da renda bruta tributável.

Planejamento e consciência de investimentos são ferramentas capazes de turbinar seus objetivos.

Um abraço,

Hudson Santos, CEA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *